publicidade

depositphotos_35640403-stock-photo-technology-cybernetics-and-people

Um ser humano é uma entidade que consiste em vários sistemas. O objetivo do biohacking é entender como esses sistemas funcionam. O biohacking pode ser comparado à cibernética (do grego kybernetike, “a arte da navegação”) que envolve o estudo de sistemas de controle automático. Para entender o sistema cibernético, é importante compreender os conceitos de entrada, processo, saída e feedback.

 

Os organismos biológicos apresentam mecanismos de autorregulação através dos quais o organismo luta pelo equilíbrio, ou homeostase. Os sistemas de órgãos humanos envolvem vários sistemas de feedback negativo e positivo que regulam, por exemplo, o equilíbrio ideal de muitos hormônios no corpo:

 

  • Um exemplo de sistema de feedback negativo é o eixo HPA localizado entre o cérebro e as glândulas supra-renais que regulam o estresse corporal. Uma vez que a glândula adrenal tenha produzido bastante cortisol (um hormônio do estresse), um feedback negativo é produzido na glândula pituitária e no hipotálamo que, por sua vez, reduz a produção de cortisol

 

Da mesma forma, em um sistema de feedback positivo, um estímulo amplifica o seguinte resultado final. A coagulação do sangue é um exemplo disso. Uma plaqueta sanguínea ativada libera substâncias químicas que ativam outras plaquetas até que a ação de coagulação no local da lesão seja suficiente para interromper o sangramento.

 

Um ser humano funciona melhor quando está em um relacionamento harmonioso com seu ambiente. Através do pensamento sistêmico, podemos compreender o quão dependentes os seres humanos são de vários fatores ambientais. Em sua essência, os seres humanos não são mecanicistas. Uma ampla relação com o meio ambiente é um pré-requisito para uma boa vida.

 

Um exemplo disso pode ser que um ser humano se sinta bem quando tem uma relação equilibrada com as bactérias, vírus e outros micro-organismos que vivem no intestino, mucosas e pele. 

 

Uma comparação pode ser feita com uma planta que tem diversas interações por meio de suas raízes com os micróbios e nutrientes do solo. Em ambos os casos, o desequilíbrio pode levar à doença.

 

A otimização da saúde fisiológica envolve equilibrar tanto os níveis inferiores do sistema (como nutrição, mitocôndrias e microbioma) quanto os níveis superiores (como relações sociais e meio ambiente). No espírito do Princípio de Pareto, o pensamento sistêmico pode ser usado para identificar os 20% da entrada que produz 80% dos resultados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reproduzir vídeo
× Como posso te ajudar?