publicidade

essential-oils-1433694_1920

 

Você deve ter notado que os óleos essenciais estão ” brotando” nunca recebi tantos convites para ser consultor da do-terra. Muitas pessoas estão usando os óleos essenciais, seja em spas,em casa e  agora estão cada vez mais nos armários de remédios perto de você. Os especialistas do setor já estão planejando que todos nós iremos comprar  cerca de US $ 11,5 bilhões em óleos essenciais até 2022.

As empresas , em especial  a do-terra  no Brasil, fazem alegações de saúde que abrangem desde o simples alívio do estresse até a ajuda com dores de estômago e enxaquecas, até reivindicações extremas como o câncer.

Para ser sincero, muito tem se falado, um fato é a proximidade da cavidade nasal com o nosso cérebro, sobre a efetividade tive que estudar, já fiz algumas sessões terapêuticas com alguns óleos, então resolvi fazer esse texto com algumas pesquisas que realizei.

Então, aqui está tudo o que você precisa saber sobre o que há nessas pequenas garrafas que atualmente custam os olhos da cara e prometem muito!

O QUE SÃO ÓLEOS ESSENCIAIS?

Geralmente, quando um nutriente é essencial, significa que seu corpo não pode fazê-lo. Você obtém aminoácidos essenciais e minerais essenciais de alimentos ou suplementos e até ácidos graxos essenciais, como o DHA, dos peixes. Os óleos essenciais das plantas não são realmente essenciais para o seu corpo, embora o nome seja confundidamente semelhante.

Aqui, a palavra ”essencial”  refere-se à essência da planta : os odorantes, os aromas, os volativos – as moléculas que você detecta como perfume.

Um questão fundamental é um dos sentidos mais primordiais e primitivos  é o olfato, faz sentido que essas moléculas possam ter um impacto no cérebro ou no corpo. Acontece que eles fazem, pelo menos uma parte do tempo. Se você lêu o livro Head Strong do Dave Aspray,  como eu, sabe que todos os seus sentidos são mediados por suas mitocôndrias elas sim são o segredo para ser um super-humano. Suas mitocôndrias usam todos os seus sentidos para decidir como seu corpo reagirá ao mundo ao seu redor.

COMO FUNCIONAM OS ÓLEOS ESSENCIAIS?

Mesmo confiando muito na visão e na audição, você pode bloquear facilmente esses sentidos fechando os olhos ou tapando os ouvidos. É impossível desativar o olfato, a menos que você encontre uma alternativa à respiração. É a natureza dizendo para você estar ciente dos produtos químicos ao seu redor. Como nosso grupo de sentidos mais antigo, é a  quimiossensibilidade ( cheiro, paladar e tato / calor )  é o primeiro tipo de comunicação que temos.

As plantas produzem óleos voláteis para se comunicar com o mundo ao seu redor também.Os óleos essenciais das plantas atraem polinizadores enviando convites aromáticos específicos da espécie ao vento.

As plantas também fornecem mecanismos de defesa que resistem a doenças e impedem que insetos e herbívoros os comam ou danifiquem. Isso inclui o envio de aromas que alteram a frequência cardíaca, causam confusão, mexem com hormônios ou atraem os predadores do herbívoro.

Um profissional qualificado o ajudará a aproveitar esses efeitos sutis em sua vantagem própria… Mas despejar uma garrafa no seu pescoço pode não ter os mesmos efeitos, então tome cuidado! Seja um Biohacker, teste veja, verifique entenda seus paramêtros!

OS COMPOSTOS ATIVOS DOS ÓLEOS ESSENCIAIS

Ao falar sobre os compostos ativos dos óleos essenciais, você ouve sobre o pineno nos pinheiros ou o limoneno nos limões.

Os óleos essenciais contêm uma enorme quantidade de terpenos, também conhecidos como hidrocarbonetos, encontrados predominantemente nas plantas.

Embora muitos compostos vegetais tenham efeitos, os terpenos são responsáveis ​​pela grande maioria dos constituintes do óleo essencial e pelas ações médicas.

Pesquisas mostram que terpenos específicos protegem o DNA, retardam o crescimento de tumores, diminuem o colesterol LDL, reduzem a pressão sanguínea e matam germes.

Então, talvez algumas dessas reivindicações de grande som tenham mérito.

Mas o diabo está nos detalhes.

COMO SÃO FEITOS OS ÓLEOS ESSENCIAIS?

O método de extração é importante ao escolher um óleo essencial , principalmente se for usado para fins terapêuticos, então vamos fazer um rápido resumo das melhores maneiras de isolar os compostos bioativos das plantas:

DESTILAÇÃO A VAPOR

A destilação a vapor envolve bombear vapor para um pote de destilação que contém o material vegetal. À medida que o vapor passa pelo material da planta e sobe para o topo, ele extrai o óleo essencial e o leva para o condensador. O vapor muda para água e óleo líquidos e, como o óleo e a água não se misturam, o óleo essencial flutua sobre a água. Nesse ponto, a água restante se torna um hidrossol , uma água aromática diluída que tem valor terapêutico.

 

EXTRAÇÃO DE SOLVENTE

Algumas moléculas de óleo essencial quebram com o calor, portanto a extração com solvente mantém intactos os delicados. A extração com solvente envolve a mistura de material vegetal com éter de petróleo, metanol, etanol ou hexano até que os óleos essenciais se dissolvam, formando um absoluto – um óleo essencial extraído com solvente. Alguns profissionais não usam absolutos porque o processo deixa resíduos de solvente.

EXTRAÇÃO DE CO 2

O gás dióxido de carbono se converte em um estado líquido sob alta pressão, que dissolve moléculas do material vegetal. Uma vez dissolvido, o dióxido de carbono líquido retorna à pressão normal, alterando o CO2 novamente para um estado gasoso. O gás se dispersa, deixando o essencial para trás. Quando você procura um perfil completo dos lipídios e ceras da planta, procure um total de CO 2 , no qual a extração ocorre a uma pressão muito maior.

COMO OS ÓLEOS ESSENCIAIS SÃO USADOS?

Os óleos essenciais aparecem em blogs e mídias sociais em receitas de batons caseiros, desodorante de bricolage, produtos de limpeza não tóxicos e misturas de difusores para refrescar o ar.

INALAÇÃO

Geralmente, você inala óleos essenciais por exposição. Por exemplo, você detecta odores distintos ao caminhar por pinheiros ou cheirar flores. Os difusores especializados de óleo essencial dispersam uma névoa de óleos essenciais para inalação. Menos comumente, um médico aconselha que você” inale” óleos essenciais  sentindo diretamente no nariz ou com um inalador ou cotonete especialmente projetado. Esses inaladores são pré-carregados com óleo essencial diluído, o que facilita o uso. 

É uma má idéia aspirar aleatoriamente os óleos essenciais sem saber o que está fazendo. Alguns óleos são fortes o suficiente para causar danos a sua cavidade nasal, a menos que você os dilua primeiro.

Os cientistas rastrearam compostos ao longo de uma via direta entre o nariz e o cérebro, que ultrapassa a corrente sanguínea e até a barreira hematoencefálica, tornando a inalação um método de entrega rápido e direcionado. 

INGESTÃO

Você ingere óleos essenciais encapsulando com um óleo transportador (mais sobre transportadores, chegando) ou bebendo algumas gotas misturadas com água.

Consulte um médico qualificado antes de ingerir óleos essenciais. Alguns eliminam a flora intestinal amigável em contato (como orégano, cravo, tomilho), e outros queimam como luar no porão (como orégano, capim-limão). Saiba com o que você está trabalhando.

TRANSDÉRMICA

Diluído em um óleo transportador ou transformado em bálsamos e pomadas, aplique topicamente óleos essenciais em sua pele. A diluição é complicada, então vamos detalhar isso. O Doutor em Medicina Oriental, que trabalha no evento 40 anos de Zen, e com o Dr. Barry Morguelon, cirurgião da UCLA e grão-mestre de uma antiga tradição chinesa em medicina energética que escreveu a meditação no livro de Dave Asprey(o Pai do Biohacking nos EUA) Head Strong,  onde você coloca os óleos essenciais também importam.

Essa é uma grande razão pela qual não encontrei efeitos quando os usei pela primeira vez. Uma gota de óleo no meridiano da acupuntura no pé fará algo diferente do que uma gota de óleo na testa.

 

COMO DILUIR OS ÓLEOS ESSENCIAIS

Raramente, e somente sob a orientação de um profissional qualificado, os óleos essenciais são usados  na forma​​”puro”, com força total. 

A sensibilização (alergia) se desenvolve ao usar óleos com a química mais suave. Por uma questão prática, os óleos essenciais são caros em uma única dose ou baratos e eficazes quando adequadamente diluídos. Algumas empresas começaram a promover o uso de óleo com dose única, mas isso ocorre principalmente porque faz com que você use mais  óleo, saindo muito mais caro. .

CONCENTRAÇÃO

Como orientação geral, a maioria dos adultos se dá bem com óleos essenciais leves diluídos em 2-2,5%. Portanto, para cada 5 ml (1tsp) de aplicação, duas gotas de óleo essencial entram em 98 gotas de óleo transportador. Ao diluir, não assuma que o óleo essencial de uma planta comum é seguro. A canela, embora segura na forma de especiarias, polvilhada no café à prova de balas, contém cinamaldeído, que causa alergia à canela, irritação na pele e até queimaduras químicas de segundo grau. 

Procure a orientação de um profissional qualificado ou usuário especialista ao decidir sobre a concentração, especialmente com óleos mais potentes.

OS ÓLEOS ESSENCIAIS FUNCIONAM?

A resposta rápida e  bem suja é, assim como os produtos farmacêuticos depende de muitos aspectos que não conseguiria abordar nesse post no blog. Alguns óleos essenciais funcionam bem para algumas coisas; outros funcionam bem para outras coisas. Alguns cheiram bem e param por aí. As pesquisa dizem alguns sobre os efeitos dos óleos essenciais.

FOCO

Quase todo fornecedor de óleo essencial vende misturas para ajudar na concentração, e muitos pretendem ajudar as crianças a se concentrarem na escola. Em um estudo duplo-cego controlado por placebo, os indivíduos experimentaram um maior estado de alerta e memória após tomar doses de óleo essencial de sálvia.

A difusão do óleo essencial de alecrim pode melhorar o desempenho das tarefas cognitivas.

Em um estudo, os pesquisadores demonstraram uma correlação entre o nível de melhora dos participantes e a quantidade de 1,8-cineol (o composto ativo no alecrim) medido na corrente sanguínea.

DOR

Os óleos essenciais estão atraindo atenção para alívio e prevenção da dor no ambiente hospitalar. A inalação de óleo essencial de lavanda reduziu o uso de acetaminofeno no pós-operatório de crianças que tiveram suas amígdalas removidas, e outro estudo mostrou uma rápida cotonete de lavanda antes da inserção de agulhas de hemodiálise, reduzindo a dor da inserção.

O óleo de inverno contém salicilato de metila, que age de forma semelhante à aspirina no organismo. as empresas farmacêuticas sabem disso há mais de um século – você verá salicilato de metila e mentol, o composto de resfriamento em hortelã-pimenta, listado como os principais ingredientes ativos em cremes para esportes comerciais.

NÁUSEA

Ótimas notícias – a pesquisa mostrou que as mulheres grávidas sentiram alívio pela inalação do óleo essencial de limão assim que a sensação desagradável foi atingida, e o óleo essencial de hortelã-pimenta resultou em menos uso de medicamentos contra náusea após a cirurgia.

TESTOSTERONA

O Oleo essencial de  nardo merece um olhar mais atento como um potenciador de testosterona.

Diluído em água potável, aumentou a testosterona e diminuiu o estrogênio em  machos e fêmeas e aumentou a testosterona em ratos. 

Talvez cheirar a canja de galinha seja realmente bom para a testosterona? Ainda não tentei este, mas vou tentar.

OS ÓLEOS ESSENCIAIS SÃO SEGUROS?

O médico e alquimista suíço Paracelso cunhou o velho ditado da toxicologia, “a dose produz o veneno”, que afirma que qualquer coisa é tóxica se usada de maneira inadequada ou excessiva.

Por exemplo, você engole pequenas quantidades de óleo essencial de bergamota, o sabor do chá Earl Grey sem problemas. O óleo essencial da mesma planta causa queimaduras na pele quando seguido pela exposição ao sol.

Esfregar o verde de inverno diluído em um músculo dolorido proporciona alívio quase instantâneo. Tomar algumas colheres de chá de verduras retas é como ingerir alguns punhados de aspirina.

Os óleos essenciais causam convulsões, alucinações e inconsciência.  E não do tipo bom!

Dito isto, a maioria desses pequenos frascos potentes provavelmente não causará muitos problemas se cuidadosamente diluída, se usada corretamente e sob a orientação de um acupunturista, aromaterapeuta ou usuário avançado treinado.

Os óleos essenciais merecem o mesmo respeito que você mostraria em suas prescrições. Mantenha-os fora do alcance das crianças e consulte fontes confiáveis ​​antes de usá-los.

CUIDADO COM GINECOMASTIA E OUTRAS CONSIDERAÇÕES

O óleo de lavanda e da árvore do chá causou ginecomastia (peitos masculinos) em meninos adolescentes, que reverteram quando os meninos pararam de usar produtos tópicos contendo óleo de lavanda e óleo de chá de arvore, mas nenhuma alteração significativa de estrogênio foi observada em estudos com amostras maiores.

Além disso, lembre-se de que é estranho andar cheirando como um balcão de fragrâncias de todas do boticário ou  da Natura. Você pode desencadear reações desagradáveis ​​a terríveis nas pessoas ao seu redor com sensibilidades.

Use-os em casa!

QUAIS ÓLEOS ESSENCIAIS EU COMPRO?

O governo não regula os óleos essenciais; portanto, sua melhor aposta é prestar atenção aos fabricantes que os cortam com produtos químicos tóxicos ou óleos mais baratos. Então, a qualidade importa.

Os profissionais mais avançados têm acesso aos óleos essenciais de alta qualidade que adquirem porque conhecem as pessoas certas. Certifique-se de comprar o que acha que está comprando. Encontre uma marca que ofereça relatórios de testes de cromatografia gasosa e espectrometria de massa de terceiros.

Nenhuma das marcas que eu uso está amplamente disponível porque elas vêm diretamente das pessoas que as fabricam em pequenos lotes.

AUTO-EXPERIMENTAÇÃO

Os mestres do  40 Years of Zen usam todos os truques disponíveis para acelerar a recuperação e aumentar a resiliência, para que os clientes possam fazer mais treinamento por dia.

Acupunturistas treinados usam óleos essenciais em combinação com pontos de acupuntura para encurtar o caminho para o desempenho máximo.

  • Aos primeiros sinais de ansiedade, dilua a hortelã e a camomila no Óleo Octano do Cérebro e aplique no nervo vago (diretamente no pescoço, começando abaixo das orelhas, especialmente à esquerda)
  • Sândalo difuso no ar para entrar em um estado de prontidão relaxada
  • Dilua a bergamota e o vetiver no Brain Octane e esfregue no sentido anti-horário na parte superior do abdômen para maximizar a confiança e eliminar as inseguranças (estranhamente, isso funciona)

Se você quiser experimentar os óleos essenciais, aqui estão algumas maneiras fáceis de ver se eles se encaixam no seu regime de melhoria de desempenho:

  • Foco: Alecrim difuso com bergamota ou gerânio.
  • Sono: adicione uma difusão de 10 a 30 minutos de lavanda e camomila ao seu regime de hackers do sono.
  • Humor: adicione de 5 a 10 gotas de laranja ou bergamota ao seu banho para ver se você melhora o humor.
  • Beleza: Salve seu café, pegue sua menta e misture a máscara capilar

Se você quiser levar a sério o uso de óleos essenciais, encontre um acupunturista, aromaterapeuta, naturopata ou usuário avançado qualificado e confiável para orientá-lo.

No pior cenário, os óleos essenciais podem matar em casos extremos. Eles também causam lesões, doenças ou alergias. Colocá-los onde quer que não produza efeito e por que desperdiçar seu dinheiro?

Encontre alguém que o mantenha seguro e ajude a obter um ROI de desempenho.

Procure acupunturistas e herbalistas para mostrar o caminho!

Parte do que eles fazem é ajudá-lo a selecionar o que funcionará para você – cada constituição é diferente.

 

Quer comprar ? Acesse esse link aqui! https://www.mydoterra.com/tiagopereiras

 

 

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reproduzir vídeo
× Como posso te ajudar?