publicidade

relacao-sexual

 

O sexo é apenas uma forma de transmitir o amor. Talvez a mais integradora entre o corpo físico, mental e espiritual.

O sexo é um dos impulsos mais poderosos que você tem além de ser uma das melhores atividades físicas. É difícil hackear mas também é muito satisfatório. Dependendo de quem você é, você pode se beneficiar fazendo mais sexo, fazendo menos sexo, aumentando seu desejo sexual ou acalmando uma libido hiperativa.

Nesses próximos tópicos vou abordar diferentes abordagens para melhorar sua vida sexual, dominar seu desejo sexual e mostrar como você pode dar um upgrade em sua vida sexual.

Dê uma olhada na sua libido

Sua libido é o seu desejo sexual quantas vezes você pensa em sexo ao longo do dia. Há coisas que podem fazer você perder o interesse pelo sexo, como desequilíbrios hormonais, envelhecimento, estresse, medicamentos e muito mais. Se sua motivação é forte, é difícil imaginar que algo que sempre esteve lá para você possa ser tão frágil. Se você tem baixa libido, é difícil imaginar despertar seu interesse pelo sexo.

Perder seu desejo sexual não é uma questão pequena. Todo mundo merece uma  vida sexual, incrivel sexo é parte integrante do ser humano, faz parte do nosso instinto, é uma das necessidades básicas segundo a pirâmide de Maslow.

DICAS PARA MELHORA O SEXO

  • Saia da pornografia

A Internet é um lugar selvagem, confuso e tentador. Um clique do mouse dá acesso a milhões de pessoas nuas e incrivelmente atraentes fazendo qualquer ato sexual que você possa imaginar, por mais louco que seja. E você pode mudar para uma nova pessoa sempre que quiser. Nosso cérebro não foi moldado para ter tantos acessos a tantos estímulos. Isso é muita gratificação sexual intensa e rápida. 

 

Pensa em quanta dopamina vai inundar seu cérebro , e eu garanto que é provavelmente mais do que você pode suportar. Cérebro super primitivo, e não está preparado para essa ‘’ abundância’’.

 

A dopamina é um neurotransmissor que desempenha um papel importante no vício, e o problema é que seu cérebro não está equipado para lidar com esse tipo de estimulação.Ele responde à pornografia da mesma forma que à cocaína ou ao álcool  uma grande onda de prazer, com retornos decrescentes ao longo do tempo.E como acontece com as drogas viciantes, a pornografia parece causar tolerância. Em uma pesquisa com 434 pessoas, metade delas eventualmente começou a assistir pornografia que costumavam considerar repugnante ou pouco atraente.Eles se voltaram para cenários mais intensos para ficarem excitados.

Uma boa teoria é que quanto mais você assiste pornografia, mais estímulo você precisa para se excitar.Parece provável mas algumas pesquisas mostraram que usuários regulares de pornografia têm caminhos de recompensa menores e menos responsivos,e um estudo descobriu que 60% dos homens que assistem pornografia regularmente não conseguiam ficar ‘’eretos’’ com um parceiro real, enquanto faziam com pornografia.

Em outras palavras: quando você está acostumado a ver três enfermeiras francesas juntas em um quarto, a ideia de fazer sexo com seu parceiro pode deixar de ser suficiente para excitá-lo. Sair da pornografia pode redefinir sua excitação e voltar a ter contato com sexo real e íntimo.

Não está convencido de que a pornografia é um grande negócio? Tente abandoná-lo por um mês. Pode ser mais difícil do que você espera, porque seu cérebro está dependente não apenas pelo comportamento mas também pela dependência da dopamina.

2) Concentre-se na diversão do sexo, não na finalização

A expectativa padrão com o sexo é um começo, meio e (mais proeminente) um fim: preliminares, penetração e clímax, com o clímax como objetivo.

Essa fórmula tem algumas deficiências. A primeira é que torna o sexo repetitivo. Você está fazendo a mesma coisa todas as vezes, o que pode se tornar cada vez menos recompensador. A segunda questão é definir o clímax como meta. Concentre-se em chegar ao fim e você tende a perder o acúmulo. Também cria uma expectativa, o que significa que você pode “fracassar” se você ou seu parceiro não chegarem lá. Esse é um caminho rápido para problemas de vergonha e ansiedade de desempenho que podem durar muito além da sua sessão.

Tirar o objetivo do orgasmo tira você da cabeça. Isso libera você para se concentrar na conexão entre você e seu parceiro. Com isso vem mais oxitocina, mais vínculo, sexo mais gratificante e mais imprevisibilidade. Você vai com o que parece certo, em vez de uma receita genérica para o que o sexo “deveria ser”. Cada vez é único, e o sexo em si se torna tão prazeroso quanto o clímax.

Largue seus objetivos e aproveite o momento. Isso torna o sexo muito melhor.

3) Aumente seu desejo sexual com maca peruana

Maca é uma raiz peruana que cresce nas encostas áridas dos Andes, onde não pode crescer muito mais. Os pesquisadores ainda não sabem ao certo por que a maca funciona, mas estudos mostram que é um potente afrodisíaco.

Em um estudo, os pesquisadores deram a 57 homens 1,5 g de maca, 3 g de maca ou placebo diariamente. Os participantes de ambos os grupos de maca relataram aumento do desejo sexual.

Pesquisas em homens e mulheres descobriram que 3g de contadores diários de maca diminuíram a libido ao tomar antidepressivos. Nos homens, a maca também aumenta a contagem e a motilidade dos espermatozoides[9] e pode reverter a disfunção erétil leve.

Sempre use maca gelatinizada (cozida).Você tem problemas para digerir a versão bruta e não obterá os mesmos benefícios. Tome 3g diariamente, misturado ao seu café da manhã, ou tome um extrato. Aqui está uma visão mais aprofundada da maca.

ORGASMOS MULHERES E HOMENS

 

MULHERES:

Os orgasmos são ótimos para a sua biologia. Eles apoiam seus hormônios e aliviam o estresse.O orgasmo inunda seu sistema com estrogênio e oxitocina. Porém para Homens e Mulheres a relação com o orgasmo é bem diferente!

Se você é uma mulher  precisa de mais orgasmo.

A ocitocina ganhou o apelido de “molécula do amor” porque promove o vínculo social, a confiança, o relaxamento e a generosidade.Muito desse brilho vibrante e quente que você obtém com seu parceiro após o sexo é graças à oxitocina.

O estrogênio também aumenta a oxitocina. Os dois trabalham em sinergia quando você atinge o orgasmo, criando um coquetel de bem-estar e relaxamento. Além disso, há uma queda no cortisol, que alivia ainda mais o estresse, e um aumento na serotonina, que melhora o humor.

Basicamente, se você é uma mulher, o orgasmo apoia seus hormônios e te deixa mais feliz. Sortudo.

 

HOMENS

Se você for homem, você precisa ter menos orgasmo, alguns livros citam como o também conhecido como retenção de sêmen, ou em algumas referências místicas transmutação da energia.

Sim pessoal, temos literalmente a ponta curta do bastão evolutivo aqui. 

Todos os homens conseguem um aumento muito mais acentuado na prolactina após a ejaculação é isso que extingue seu impulso e faz você querer tirar uma soneca pós-sexo. 

Os homens também têm uma maior queda pós-ejaculatória na dopamina, o que explica por que muitos de nós se sentem um pouco deprimidos ou até mesmo deprimidos após o ato.

Os homens se beneficiam de ejacular menos, uma prática conhecida como retenção de sêmen. Não é muito divertido do ponto de vista do prazer, mas apresenta uma poderosa oportunidade para biohacking.

Controlar a frequência com que você chega ao clímax também pode levar a uma motivação sem precedentes. Você pode fazer um acordo com sua parceira-esposa de que  não ejacularia até ganhar R$ 100.000. Garanto que ele ficará  R$ 100.000 mais rico em menos de 30 dias.

 

Sua ambição e produtividade podem ir às alturas. 

 

 A EQUAÇÃO TAOISTA 

O antigo taoísmo chinês tem uma equação para “poder sexual ideal”:

(Idade – 7)/4 = X

Conecte sua idade. O número que você obtém para X é o número de dias que você deve passar entre as ejaculações. Um homem de 33 anos, por exemplo, ejacularia a cada cerca de 7 dias.

Eu algumas vezes segui essa equação por várias semanas, acompanhando minha percepção de qualidade de vida e desejo sexual. Ambos foram significativamente maiores quando eu estava chegando ao clímax a cada 7 dias.

Maneiras de tornar o controle ejaculatório mais fácil

  1. Treinamento de variabilidade da frequência cardíaca. O treinamento de variabilidade da frequência cardíaca (VFC) ensina você a controlar conscientemente seu sistema nervoso parassimpático, o que permite regular sua resposta de luta ou fuga. É uma ótima maneira de controlar todos os seus impulsos – raiva, pânico e gratificação sexual e outros.

 

  1. Juntar-se à comunidade NoFap no Reddit. Está cheio de pessoas que estão fora da pornografia e da masturbação. Há também muitas histórias boas sobre como a vida das pessoas mudou quando elas limitaram seus orgasmos. Existe até um complemento de botão de pânico para o seu navegador da Web que você pode usar para se manter forte quando o desejo bater em você.

 

Quer se desafiar mais?

Fiquei um mês inteiro sem ejacular.Apenas pare antes de terminar.

Este é extremamente difícil de fazer.Particularmente eu acessei um maior aumento na satisfação com a vida, meu desejo sexual disparou e fui fenomenalmente produtiva. Também recebi MUITO mais atenção das mulheres.

Desafio de 30 dias: Modo Monge

Passe um mês inteiro sem nenhuma estimulação sexual. Nem toque nele.

A abstinência por 3 semanas aumenta a testosterona em homens saudáveis . O que é bom, considerando que a testosterona média para nós vem caindo cerca de 1% ao ano nos últimos 30 anos. 

O sexo (não o orgasmo) aumenta a testosterona em até 72%. Pensamentos relacionados ao sexo também o impulsionam. Eu tive muito mais de ambos quando me abstive – meu desejo sexual estava fora das paradas.

A abstinência também pode levar a uma maior satisfação com a vida e, estranhamente, mais atenção por parte das mulheres. Não há estudos para isso, mas há muitas evidências pessoais e anedóticas.

O desafio normal de 30 dias é difícil. Este é muito, muito mais difícil. Eu não recomendo, a menos que você esteja procurando por um teste excepcional de força de vontade. Com o modo monge, fiquei mais feliz e mais produtivo com o passar dos 30 dias.

Eu não recomendo o Modo Monge se você estiver em um relacionamento, a menos que seu parceiro também queira testar sua força de vontade. Não é legal forçar esse tipo de experimento em alguém que você ama.

Ou vá na outra direção: faça mais sexo

Sexo e os hormônios que o sexo produz tem muitos benefícios. Melhora coisas como:

*Dorme

*Estresse

*Função cerebral

*Saúde do coração

*Intimidade

*Humor

A lista continua. Você pode obter os detalhes sobre os benefícios do sexo aqui. Além disso, o sexo produz hormônios que aumentam sua libido naturalmente (sexo gera sexo) para que você e seu parceiro possam fazer um desafio sexual de 7 dias para acionar seus motores.

A chave para biohackear sua vida sexual é saber onde você está hoje. 

 

Seu desejo sexual está muito alto? Você tem baixa libido? Você se beneficiaria de um tempo extra com seu mel ou de flexionar seu músculo da força de vontade? 

 

Você tem algumas ferramentas para experimentar. Veja quais melhoram sua vida sexual e seu dia a dia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reproduzir vídeo
× Como posso te ajudar?