publicidade

c3aff93d4f764866d7c9fac3eae29fc6

 

A filosofia por trás do treinamento com peso corporal é semelhante à do movimento natural e do parkour: “o mundo é minha academia”. Os treinos não exigem nenhum equipamento ou um local específico, pois seu próprio corpo atua como resistência. O treinamento com peso corporal usa muitos dos elementos de treinamento da ginástica (consulte a seção “Ginástica”). No entanto, na prática, uma barra de pull-up, barras de parede e uma estação de mergulho são necessárias para completar vários exercícios.

 

O foco do treinamento com peso corporal é melhorar a força, o equilíbrio, a resistência e a mobilidade. Se o objetivo principal é aumentar a força, o treinamento com peso corporal deve ser combinado com o treinamento de força feito com pesos.

 

No treinamento com peso corporal, o nível de intensidade é aumentado completando versões mais difíceis de cada exercício (ao contrário do treinamento de força, onde pesos mais pesados ​​são introduzidos para aumentar a carga de trabalho). Aumentar o número de repetições ou séries é usado tanto para treinamento de força quanto para treinamento de peso corporal.

Normalmente, os exercícios de treinamento com peso corporal são divididos em quatro categorias – isso também é usado na musculação:

 

  • Exercícios de empurrar (como flexões)
  • Exercícios de puxada (como flexões)
  • Exercícios principais (como pranchas)
  • Exercícios da parte inferior do corpo (como agachamentos)

 

Muitos exercícios com peso corporal não apenas trabalham grupos musculares específicos, mas também desenvolvem certas linhas funcionais músculo-tendão-fáscia.Muitas pessoas usam o termo “treinamento funcional” em relação ao treinamento com peso corporal, pois cria uma imagem de utilidade na vida diária. O treinamento funcional parece não trazer nenhum benefício adicional à funcionalidade do corpo em comparação ao treinamento de força.

 

A estratégia mais eficaz é combinar o treinamento de força e o treinamento com peso corporal que se complementam.

 

O treinamento com peso corporal pode causar desequilíbrio muscular se a parte inferior do corpo não for treinada separadamente usando pesos.

 

Desequilíbrio pode ocorrer na parte superior do corpo se o foco estiver em exercícios verticais (flexões e outros exercícios de puxar) e exercícios horizontais (exercícios de remada) forem negligenciados.

 

A mobilidade refere-se à capacidade de mover os membros e o corpo através de várias amplitudes de movimento sem dor. Uma amplitude de movimento reduzida de uma articulação indica mobilidade prejudicada.

A mobilidade (flexibilidade) é uma característica física básica e, na prática, a base da capacidade física geral. As crianças são um grande exemplo de mobilidade e flexibilidade normais. A tendência da vida moderna de se sentar para trabalhar que começa na escola reduz a mobilidade natural.

 

A mobilidade ideal é crucial para a manutenção de uma boa postura e a prevenção de posições incorretas e lesões durante o exercício. Ao melhorar a mobilidade, é possível também melhorar significativamente a eficácia e economia de vários exercícios. Para os idosos, a mobilidade tem um papel importante na prevenção de escorregões e quedas, bem como de acidentes.

 

 

Os profissionais que medem a amplitude de movimento de várias articulações incluem fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fisiatras e ortopedistas. A amplitude funcional de movimento e controle corporal podem ser examinados usando, por exemplo, os testes Functional Movement Screen (FMS).Eles são usados ​​por treinadores e terapeutas treinados

 

A mobilidade pode ser dividida em mobilidade ativa e passiva. A mobilidade ativa refere-se à amplitude de movimento causada pelo uso dos músculos, enquanto a mobilidade passiva refere-se à amplitude de movimento causada por uma força externa (como outra pessoa ou gravidade).

 

Fonte: Página, P. (2012). Conceitos atuais em alongamento muscular para exercício e reabilitação.International Journal of Sports Fisioterapia 7 (1): 109–119.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Reproduzir vídeo
× Como posso te ajudar?